Saphety
15.8.2017

Vantagens da utilização das Plataformas Eletrónicas de Contratação Pública

Portugal continua a apostar na Contratação Pública Eletrónica para estar à altura das novas exigências dos mercados.

As Plataformas Eletrónicas de Contratação Pública são um instrumento cada vez mais utilizado por Entidades Públicas, sendo já bem conhecidas as suas múltiplas vantagens, nomeadamente: o aumento da eficiência da despesa pública/privada; a desmaterialização dos processos; a maior transparência nos processos públicos aquisitivos; o aumento da concorrência (ampliação das zonas geográficas); a redução significativa dos custos administrativos suportados pelas Entidades (adjudicantes e fornecedoras); a par da modernização e celeridade em todo o tipo de procedimentos.

A sua crescente utilização traduz a adequação deste tipo de instrumento às novas exigências do mercado, acompanhando o necessário desenvolvimento das novas tecnologias. Novas exigências do mercado que apelam, cada vez mais, à inovação, à redução de custos, à transparência dos processos, ao aumento da concorrência e à eficiência.

A utilização de Plataformas Eletrónicas é uma resposta eficiente a estas novas exigências, oferecendo a grande vantagem de desmaterializar os processos de compras de bens e serviços (incluindo a elaboração dos contratos inerentes a estes processos) e, conseguindo com isso, ultrapassar uma das grandes barreiras intrínsecas a estes mesmos processos: encurtar drasticamente o tempo necessário para a sua concretização.

Portugal continua a apostar na Contratação Pública Eletrónica para estar à altura das novas exigências dos mercados. Se verificarmos os dados da Síntese Mensal da Contratação Pública de janeiro de 2017, percebemos claramente o aumento significativo quer na publicação de anúncios (+83,3% face ao período homólogo) quer nos contratos reportados ao portal BASE (representando um crescimento da despesa contratada em +77,4% face a igual período do ano anterior).

As Plataformas Eletrónicas de Contratação Pública não apresentam hoje apenas um leque de vantagens face às exigências dos mercados como, com o passar do tempo e o aumento da sua utilização, estas plataformas representam uma prática cada vez mais enraizada pelas Entidades Públicas tornando-se, desta forma, instrumentos essenciais ao seu bom funcionamento.


 

Artigo original publicado no Jornal Económico, a 15/08/2017.

Subject: 2017, Contratação Pública, EDI & Electronic Invoicing, SaphetyDoc, Portugal, SaphetyGov

Frederico Gamboa

Publicado por Frederico Gamboa

Business Development Manager at Saphety (Linkedin)