Business Leak
6.7.2018

Empresas têm menos de seis meses para se adaptarem à obrigatoriedade da faturação eletrónica

A 1 de janeiro de 2019 entrará definitivamente em vigor o artigo 299.º-B do Decreto-Lei n.º 111-B/2017, de 31 de Agosto que torna obrigatória a faturação eletrónica no âmbito dos contratos com a Administração Pública. Todas as empresas que pretendem continuar ou começar a trabalhar com o Estado devem ter o sistema de faturação eletrónica totalmente operacional de acordo com a transposição da Diretiva Europeia 2014/55/UE.

Segundo o número 1 do artigo 9.º – Norma transitória -, “Até 31 de dezembro de 2018, os cocontratantes podem utilizar mecanismos de faturação diferentes dos previstos no artigo 299.º-B do Código dos Contratos Públicos […]” pelo que, a menos de 6 meses do término do período de adaptação, a análise da Saphety revela uma adoção positiva por parte das empresas. No entanto recomenda, a todas aquelas que ainda não implementaram o sistema ou elegeram um parceiro tecnológico, a encontrar a sua solução/parceiro ideal, com vista a assegurar uma transição suave com todos os interlocutores envolvidos e dentro do timingpara que os seus negócios não saiam prejudicados.

Perante o cenário atual as empresas devem ter em conta que, para usufruírem plenamente de todos os benefícios da faturação eletrónica, o projeto deve estar totalmente integrado e funcional e que este é um processo que pode tornar-se algo moroso em casos mais complexos.

A menos de 6 meses do final do ano, este é um momento-chave para as empresas decidirem sobre a implementação da faturação eletrónica, para que todas as etapas do processo sejam realizadas dentro do tempo previsto e ultrapassados todos os desafios que um projeto desta natureza irá trazer.

 

Notícia publicada na Leak Business, a 06/07/2018.

URL: https://business.leak.pt/empresas-tem-menos-de-seis-meses-para-se-adaptarem-a-obrigatoriedade-da-faturacao-eletronica/

Subject: EDI & Electronic Invoicing, SaphetyDoc, Portugal, 2018